Outubro Rosa: conheça a importância da prevenção

O cancro da mama é um grave problema de saúde pública. De acordo com o relatório Globocan, 2021, o cancro da mama é o mais frequente, tanto em Portugal, como no resto do mundo. Por isso é tão importante falar neste Outubro Rosa.

Segundo dados da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), no nosso país, estima-se que no ano passado, sete mil mulheres tenham sido diagnosticadas com cancro da mama. Dessas 1.800 morreram devido à doença. Mas não é só um problema da mulher: 1 em cada 100 cancros da mama desenvolvem-se no homem.

Como nasceu o movimento Outubro Rosa?

O movimento Outubro Rosa teve origem nos Estados Unidos da América, na década de 90. Foi um momento propositadamente escolhido para inspirar e mobilizar a sociedade para a luta contra o cancro da mama. Desde então o movimento espalhou-se pelo mundo inteiro. O objetivo tem, de facto, sido sempre o mesmo. Sensibilizar para a prevenção, alertar para a importância do diagnóstico precoce e reunir fundos que apoiem a investigação nesta área.

Portugal não é, por isso, nenhuma exceção. É pela voz e pela imagem da Liga Portuguesa Contra o Cancro que ao longo do Outubro Rosa se estabelecem inúmeras parcerias. O objetivo é “consciencializar para a prevenção e diagnóstico precoce do cancro da mama, nomeadamente através do Rastreio, e divulgar informação e formas de apoio à mulher e família.”

Até porque é neste preciso mês que se destacam três importantes efemérides:

  • 13 de outubro: Dia Mundial do Cancro da Mama Metastático
  • 15 de outubro: Dia da Saúde da Mama (Breast Health Day)
  • 30 de outubro: Dia Nacional de Prevenção do Cancro da Mama

Quais são os principais fatores de risco?

Ainda que não sejam conhecidas exatamente as causas que levam ao aparecimento do cancro da mama, existem, no entanto, alguns fatores de risco a que deve atentar:

  • Idade: 80% de todos os tipos de cancro da mama ocorre em mulheres com mais de 50 anos;
  • Já ter tido a doença;
  • 5% a 10% tem origem em alterações genéticas transmitidas pelos pais;
  • Excesso de peso;
  • Consumo de tabaco;
  • Consumo excessivo de álcool;
  • Ter tido a primeira menstruação em idade precoce (antes dos 12 anos) e uma menopausa tardia (após os 55 anos).​

Rastreio: fundamental para a cura

Quando o cancro da mama é diagnosticado e tratado precocemente pode-se alcançar uma taxa de cura superior a 90%.

Nesse sentido, em Portugal, o Rastreio de Cancro da Mama é uma atividade de medicina preventiva e feito junto da comunidade. Tal permite o diagnóstico precoce e até a descoberta de tumores muito pequenos. Tumores esses muitas vezes não palpáveis e só vistos em mamografia ou ecografia ou em fase evolutiva não invasiva. Esta antecipação permite a realização de “tratamentos menos mutilantes e menos traumatizantes e uma sobrevida livre de doença e global mais longa.”

Aliás, todas as mulheres entre os 50-69 anos inscritas nos Centros de Saúde em Portugal, podem – e devem- realizar uma mamografia gratuitamente a cada dois anos. A convocatória para o exame é feita por carta. Esta ação é fundamental e que não pode ser ignorada. É a sua vida que pode estar em causa.

Imagem: Liga Portuguesa Contra o Cancro

Fazer do Outubro Rosa um momento feliz

Só por si, o cancro já é um tema tão pesado quanto triste, mas nem sempre tem de o ser, porque também existem finais felizes e dizem os especialistas que uma atitude positiva pode ser fundamental para encarar o diagnóstico e enfrentar o tratamento.

Então, por que não assinalar este Outubro Rosa de uma forma completamente inesperada, bela e feliz? E as joias, sem dúvida, que têm esse poder. A elegante, sofisticada e requintada coleção Palermo da marca Rebecca enquadra-se neste tema na perfeição.

Inspira-se no estilo barroco da capital siciliana, e, como tal, é enriquecida com cores e pingentes cheios de significado. Quer ao nível das correntes, em bronze banhado a ouro, quer os fios de cores, quer as pedras: tudo nos faz precisamente lembrar da cintilante Sicília. É como se olhássemos para um quadro a cada joia que vemos.

Além disso, esta coleção tem um amuleto precioso de significado profundo e que não poderia estar mais enquadrado com o Outubro Rosa: a flor de lótus, que é o símbolo especial do renascimento.

Fonte

Deixe uma resposta